quinta-feira, julho 02, 2015

Bat Masterson, de Carlos Gonzaga




No velho Oeste ele nasceu,
E entre bravos se criou,
Seu nome lenda se tornou,
Bat Masterson, Bat Masterson.

Sempre elegante e cordial,
Sempre o amigo mais leal,
Foi da justiça um defensor,
Bat Masterson, Bat Masterson.

Em toda canção contava,
Sua coragem e destemor,
Em toda canção falava,
Numa bengala e num grande amor.

É o mais famoso dos heróis,
Que o velho oeste conheceu,
Fez do seu nome uma canção,
Bat Masterson, Bat Masterson.

Seu nome lenda se tornou,
Bat Masterson, Bat Masterson.
Seu nome lenda se tornou,
Bat Masterson, Bat Masterson.

domingo, junho 28, 2015

A Autoridade da Irmã


Parece que a irmã mais velha pegou a irmã mais nova querendo escapar pela janela para cair na gandaia... Mas isso acontece muito com meninas e moças que os pais põem de castigo. Só que nesse caso não é o pai nem a mãe, é a irmã mais velha, e também a moça teve o azar de ser pega em flagrante delito de querer fugir do castigo... Azar dela, sorte nossa.

O cartoon veio deste site. A autora é Gesperax.

domingo, junho 21, 2015

Amarrada para ser chicoteada


Eu não curto chicote nem bondage, mas tenho amigas que curtem, e como esse cartoon é bem feito, público.

O cartoon veio deste site.

domingo, junho 14, 2015

Ela está só te esquentando...


É só um aquecimento? Se for, as duas amigas irão se divertir muito...

Tirei o cartoon deste site.

domingo, junho 07, 2015

Yes, Miss Lord


Tenho que admitir que Miss Lord é um bom nome para uma dominatrix.

Tenho que admitir que o bumbum dessa loirinha é lindo.

Recebi a foto pelo e-mail, mas ela veio primeiro desse site.

domingo, maio 31, 2015

Spank Tales, bom site



Ah, eu peguei esse cartoon deste site. Só tem quase 11 anos que ele não é atualizado. Será que ele sobreviverá? Esperemos que sim.

quarta-feira, maio 27, 2015

Luiz Gonzaga - Riacho do navio (1955)



Riacho do Navio
Corre pro Pajeú
O rio Pajeú vai despejar
No São Francisco
O rio São Francisco
Vai bater no "mei" do mar
O rio São Francisco
Vai bater no "mei" do mar
(Bis)
Ah! se eu fosse um peixe
Ao contrário do rio
Nadava contra as águas
E nesse desafio
Saía lá do mar pro
Riacho do Navio
Eu ia direitinho pro
Riacho do Navio
Pra ver o meu brejinho
Fazer umas caçada
Ver as "pegá" de boi
Andar nas vaquejada
Dormir ao som do chocalho
E acordar com a passarada
Sem rádio e nem notícia
Das terra civilizada
Sem rádio e nem notícia
Das Terra civilizada.